Indicadores que facilitam a gestão da igreja

Com um simples olhar você pode perceber problemas ou tendências

Publicado em 07/08/2018 às 12h43

Os indicadores apresentam de forma simples e rápida a realidade da igreja e auxiliam nas decisões. Ao observar um indicador é possível perceber possíveis problemas ou tendências, argumentar e também agir de forma mais objetiva. Veja abaixo nosso principais indicadores:

Indicador de "Crescimento" da igreja
Conforme forem sendo registradas as entradas e saídas de membros, o sistema vai comparando a quantidade de membros atuais com a quantidade no mesmo período do ano anterior e gerando uma porcentagem do crescimento efetivo. Desta forma, é possível perceber claramente o crescimento numérico da igreja.

Indicador de "Qualidade do cadastro"
Na análise da ficha de todos os membros, o sistema identifica os campos preenchidos e gera o indicador de "Qualidade do cadastro". Ao perceber uma nota baixa, você pode estimular os membros da igreja a atualizarem o cadastro. Os campos não preenchidos são considerados pendências, que ficam sendo cobradas do membro: quando ele entra no portal, quando preenche uma lista de chamada, por notificação, enfim, o membro é orientado a manter seu cadastro completo e atualizado.

Indicador de "Disponibilidade" para servir
Esse indicador reflete a porcentagem de membros que estão servindo em algum cargo ou função, em relação a todos os membros da igreja. Ele pode chamar a atenção para o extremo de pessoas que estão acumulando muitas funções enquanto outras estão sem uma responsabilidade definida.

Indicador de "Envolvimento" nas atividades da igreja
Entender quantos membros estão matriculadas em pelo menos uma das atividades da igreja, como por exemplo, escola bíblica, pequenos grupos, coral, etc, é importante para perceber o compromisso do membro com seu crescimento pessoal diante da oferta de atividades que a igreja oferece. Indicadores de envolvimento baixo, por exemplo, sinalizam uma igreja em que os membros têm participado apenas dos cultos principais, o que reduz a comunhão e o crescimento espiritual. O membro recebe uma notificação no celular para lembrá-lo da atividades nas quais esta matriculado.

Indicador de "Frequência" nas atividades
Apesar dos membros estarem matriculados na classe de EBD, por exemplo, é preciso acompanhar a presença dos mesmos nas aulas. Desta forma, o professor faz a chamada via aplicativo, registrando os presentes. O sistema gera um indicador de frequência baseado na presença efetiva dos membros nas inúmeras atividades da igreja. Se o membro falta, ele recebe uma mensagem de "Sentimos sua falta, o que houve?", estimulando-o a justificar sua ausência.

Indicador de "Mordomia"
A igreja pode, ao fazer a tesouraria, registrar as contribuições de cada membro, com ou sem valores. Os membros que contribuem são identificados como "dizimistas". O indicador de mordomia reflete o aumento ou redução do número de dizimistas. A visão da receita baseada no número de dizimistas é mais efetiva no processo de conscientização, pois não trata de valores, e sim do comprometimento e fidelidade de seus membros.

647 visualizações