11. Porque serão saciados

Série - A busca da felicidade em Cristo

Publicado em 22/04/2022 às 13h33

1. TEMPO DE ORAR | 5 min
2. TEMPO DE CANTAR | 5 min
3. TEMPO DA PALAVRA | 30 min

"... porque serão fartos" (Mt 5:6).

Introdução | O faminto é convidado a sentar-se à mesa com o Pai (Mt 11:28). A ocupar um lugar de honra como filho e herdeiro de Deus (Gl 4:6-7; Jo 1:12). Ele está sendo saciado com o caráter de Cristo. Seu coração está cheio de fé, na esperança de que pode amar com o amor de Jesus. Ele está buscando a justiça de Deus e todas as demais coisas lhe estão sendo acrescentadas. 

Saciado no Pai, com fé, com paz | O incrédulo e arrogante buscava admiração do mundo, e assim se tornou escravo desse desejo insaciável de ostentar os tesouros terrenos e um medo constante de perdê-los. Deus, porém, lhe apresenta os tesouros eternos. Ele passa a ser amigo de Deus, a ocupar um lugar não só de honra, mas de comunhão. A promessa de que “deles é o Reino dos céus” já começa a se cumprir. Ele entende que é imagem de Deus. Foi liberto da soberba da criatura de querer o lugar do Criador. Ele tem agora sua própria identidade, um conceito correto sobre si mesmo. Ele será o que nasceu para ser. A sua fé está em Deus. O seu propósito de vida descansa na paz com o Pai, e quanto mais O conhece, mais O ama, e sente mais alegria Nele. Mais fé, mais confiança, mais fidelidade. Ele está pronto para ser um pacificador.
 

Saciado no Espírito, com verdade, com justiça | O impenitente e desobediente desejava fazer as escolhas boas aos seus olhos. Estava cego, não percebia o abismo à sua frente. Mas, agora Deus o conduz a uma vontade que é “boa, perfeita e agradável”. Uma vontade que não falha. Ele se apega a sabedoria de Deus. Ele deseja agradar a Deus e não a homens. Quando falha, seu coração chora arrependido e recebe o perdão de Deus, assim, cheio de esperança continua buscando imitar a Cristo a cada dia (Sl 51:6-12). A promessa de que “serão consolados” já começa a se cumprir. Ele foi saciado com o “Espírito da Verdade”, que afasta a mentira e a injustiça. E quanto mais ele renuncia a sua natureza pecadora, mais forte ele ouve a doce voz do Espírito consolador em seu coração lhe guiando em justiça, retidão e domínio próprio. Ele está no processo de santificação, de transformação, no caminho certo para ser um puro de coração. 

Saciado no Filho, com amor, com relacionamentos saudáveis | O egoísta, em sua “superioridade” e desamor, se colocava acima dos outros, os considerando adversários, numa competição doentia por desfrutar desta terra e todos os seus benefícios e prazeres. Um desejo insaciável de ser amado e servido por todos, mas, ao mesmo tempo, um grande medo da solidão. Então ele conhece o amor plural e incondicional do Pai, expresso na cruz através de Jesus. O “filhinho único, egoísta e mimado” agora é um “irmão generoso”. Ele se sente amado mesmo sem merecer. A promessa de que “receberão a Terra por herança” já é presente em sua vida. Ele foi saciado com amor, misericórdia, bondade, paciência, mansidão, e se sente amado”. Ele deseja amar com o amor de Deus. Ele está satisfeito, pronto para compartilhar e servir, pronto para ser um misericordioso.
A felicidade de ser saciado com a justiça de Deus | Felizes são aqueles que não estão cheios de justiça própria, mas anseiam pela justiça que vem do alto (Sl 1:1-2). Esforçam-se para serem justos, entristecem-se com as injustiças que roubam a esperança das almas, desejando que o bem prevaleça sobre o mal. Todavia, não se apressam em julgar as pessoas, antes esperam em Deus que tem o seu próprio tempo, e muitas vezes, por causa do Seu grande amor por nós, adia a Sua justiça, para que haja arrependimento e prevaleça a Sua misericórdia (1Co 4:5). 

A oração do faminto por justiça | Pai eu sei que Tu me amas, e em Tua justiça, sacrificastes Teu santo e puro Filho para morrer na cruz pelos meus pecados, para nos religar novamente. Eu o aceito e prometo que buscarei me parecer mais com Ele a cada dia. Eu tenho fome e sede daquilo que é justo aos Teus olhos! Eu tenho fome e sede da Tua presença! Eu tenho fome e sede de Ti. Deus me ajude a ser uma expressão da Sua justiça ao mundo. Senhor, me ajude a levar esperança àqueles que tem vivido na injustiça. O Senhor não foi indiferente a mim! Mas acima de tudo Deus, me ajude a levar Jesus, a Sua justiça, ao mundo. Obrigado por me receber à Sua mesa, por me fazer seu filho, por saciar a minha alma. Pai, obrigado por guardar um lugar especial para mim, na Tua mesa, todos os dias. 
 

4. TEMPO DE COMPARTILHAR E ORAR | Ore pedindo forças para se afastar de tudo aquilo que te afasta de Deus. Peça forças para permanecer à mesa todos os dias com o Pai, se alimentando do caráter de Cristo. Abastado em Sua graça!

Esquema complementar:

50 visualizações