21. Sal e luz, um caráter que flui de Deus

Série - A busca da felicidade em Cristo

Publicado em 22/04/2022 às 14h50

1. TEMPO DE ORAR | 5 min
2. TEMPO DE CANTAR | 5 min
3. TEMPO DA PALAVRA | 30 min

Depois, em um dos Seus ensinos, Jesus disse ao povo: "Eu sou a Luz do mundo...". (Jo 8:12). 
 

Introdução | Jesus afirmou: "Vós sois a luz do mundo". Mas também disse: "Eu sou a luz do mundo". O crente só funciona como "luz do mundo" porque sua fonte é Jesus, "a luz do mundo". Recebemos a luz e fomos feitos luz. Fomos transformados naquilo que Ele mesmo é. É essencial não nos esquecermos destes dois aspectos. Quando cremos no Evangelho recebemos luz. E agora refletimos esta luz, somos “filhos da luz” (Ef 5:8). Tudo que Deus nos pede Ele nos deu primeiro! A essência de Deus é se doar primeiro (1Jo 4:10). Um ciclo de paz, de verdade, de amor, que começa Nele, que preenche o nosso espírito, através do seu Espírito, e que se volta para Ele. O cristão recebeu perdão e perdoa facilmente, recebeu cura e deseja curar. Foi abençoado e deseja abençoar! Ele recebe de Deus e deseja compartilhar com seu igual e, Deus lhe dá mais ainda. Um ciclo onde cresce aquilo que você mais alimenta (Mt 13:12; Lc 8:18). 

Um caráter que flui de conhecê-Lo | A principal missão do cristão no mundo é ser como Cristo. Isso é cristianismo. É um evangelho que gira em torno de Cristo. Ele é o centro! Esta é a maravilhosa verdade da encarnação. Deus se fez homem. O Verbo se fez carne e habitou entre nós (Jo 1:14). Jesus não cumpriu a sua missão de longe. Ele veio e foi o maior exemplo. Nos ensinou o que fazer, porque fazer e como fazer. E nossa missão, de forma simples, é imitá-lo. Ou seja, perguntar em cada situação: como Jesus agiria? O que Ele diria? Tudo isso nos leva a buscar conhecê-lo mais, saber o que ele gosta e o que ele não gosta, a fim de saber exatamente como agir. Jesus disse: “se vocês me seguirem, não vão tropeçar na escuridão" (Jo 8:12). Quem possui o caráter de Cristo segue os seus passos. E cada vez que o cristão aprende sobre Jesus, cada vez que conversa com ele, cada experiência que vive com Ele, o conhece mais, e quando mais O conhece, quanto mais O “enxerga com seus próprios olhos”, quanto mais Ele se revela, mais O ama, e mais perto Dele deseja permanecer (Jó 42:5; Sl 138). É um erro querer ser cristão sem abrir a Bíblia, sem orar, sem dialogar com Deus, sem colocar as suas lutas diante dele, sem ter Nele um amigo (Mt 22:29). O Emmanuel, o Deus conosco, quer participar da sua vida. “Adão, onde você está?” (Gn 3:9). Um Deus pronto a ajudar,  pronto a ouvir, disponível para todos aqueles que desejam se aproximar Dele (Is 59:1; 1Jo 5:14).

Um caráter que flui de agradá-Lo | A luz dissipa as trevas. Enquanto a luz não se manifesta, de certo modo, não temos consciência das trevas. Nesse sentido, o crente, ao agradar a Deus, está mostrando ao incrédulo que existe um outro modo de vida possível de ser vivido. Destacando o erro e o fracasso de sua maneira de viver, na esperança de que possam se converter (Ef 5:13). Se amamos a Deus devemos estar dispostos a agradá-lo, a obedecê-lo (Jo 14:15). Quando temos prazer em O deixar contente, Ele tem prazer em nós (Jo 14:21). Ele se alegra em nós. Mas quando desobedecemos, O entristecemos (Ef 4:30). E a maior de todas as consequências é que nos afastamos da Sua presença, da Sua companhia, da Sua segurança. Agradar a Deus é deixá-lo satisfeito, fazermos Ele sentir prazer, se sentir “orgulhoso” por ter nos criado e na pessoa que temos nos tornado.

Um caráter que flui de amá-Lo | Amar a Deus é amar tudo que Ele ama. É um amor que está além daquilo que pensamos ou sentimos, um amor que se confirma nas atitudes de amor ao próximo, de serviço, de cuidado com tudo que Deus criou e ama. Ser “sal e luz” é agir em amor porque Deus é Amor, porque quem não ama, na verdade, não conhece a Deus ( 1Jo 4:8). Um Filho que fará tudo que o Pai lhe pedir, para que todos saibam que Ele ama o Pai (Jo 14:31). O cristão ao amar mostra ao mundo que seu Deus é amoroso. Ao confiar ele mostra que Seu Deus é confiável. Ao perdoar ele mostra que seu Deus é perdoador. É esse tipo de cristão, de adorador, que Deus procura (João 4:23). “Senhor, eu te amo! Tu és a minha fonte de poder” (Sl 18:1).

4. TEMPO DE COMPARTILHAR E ORAR | Não há motivo algum para a soberba quando sabemos que tudo flui de Deus (Rm 7:18). E se temos Jesus em nós , “A luz do mundo” não há motivo algum para não sermos “luz do mundo”. Um crente morno, uma lâmpada apagada, um sal insípido, é algo que em última análise, sempre terá um triste fim (Mt 25:12,30; Ap 3:15-16). Que não sejamos assim, que o Senhor nos dê graça para aceitarmos esta advertência. Ore pedindo a Deus para que lhe encha do Seu Santo Espírito, poque quando ele dominar a sua vida Ele produzirá esse caráter em você (Gl 5:22-23). Esse caráter flui apenas de Deus. 
 

57 visualizações